sábado, 23 de novembro de 2013

Fabrício Viana, escritor gay assumido, lança projeto “Meu Prazer Literário”

[caption id="attachment_2928" align="alignright" width="309"]Fabricio Viana - Escritor - Meu Prazer Literário Fabricio Viana - Escritor - Meu Prazer Literário[/caption]

Com domínio devidamente registrado no www.meuprazerliterario.com, página e grupo no Facebook e contas no Youtube e Twitter específicas, Fabrício Viana (foto ao lado), que é escritor e bacharel em psicologia, investe todas as suas energias em um portal de literatura.


“O projeto nasceu dias depois de me desligar de uma empresa. Escrevi meu livro O Armário sobre a homossexualidade em 2006 (www.oarmario.com) mas sempre o deixei em segundo plano. Nunca me permiti entrar de cabeça na arte literária, mesmo com o sucesso do primeiro livro. Acho que essa é a hora!”, diz Viana relembrando seu livro que já vai para a 4ª edição, além de sua grande participação em programas de TV e em matérias em jornais e revistas.


Segundo Viana, “Meu Prazer Literário” terá notícias sobre literatura em geral, inclusive acadêmica. “Não pretendo me focar apenas em um setor, a ideia do projeto é o prazer da literatura! Então quero falar sobre diversos livros, gravar vídeos meus e de amigos recomendando títulos, cobertura de noite de autógrafos, publicar resenhas e entrevistas”, completa Viana.


Para participar do grupo de interação no Facebook do projeto, o link é:
https://www.facebook.com/groups/meuprazerliterario

Para curtir a página no Facebook:
https://www.facebook.com/meuprazerliterario

Para se inscrever no canal do Youtube:
http://youtube.com/meuprazerliterario

Para seguir no Twitter:
http://twitter.com/prazerliterario

terça-feira, 22 de outubro de 2013

Webserie gay de Daniel Sena fala sobre HIV e soropositivos!

seriado gay

..........No dia 21 de outubro começou a ser exibido na internet, a webserie “Positivos”, uma produção independente e realizada sem recursos ou patrocínio que tem como tema principal a AIDS, a partir da história de um grupo de quatro jovens que são soropositivos e dividem um apartamento. A trama tem temática gay e se passa no Rio de Janeiro.


..........A ideia do projeto é alertar a sociedade do perigo da AIDS num período em que existe a falsa sensação de que a epidemia da doença foi controlada e faz muitas pessoas relaxarem quanto aos cuidados preventivos, como o uso da camisinha, por exemplo. Segundo dados oficiais, só no Brasil são mais de 36 mil novos casos por ano e mais de 11 mil óbitos em consequência do vírus. Até junho de 2012, mais de 650 mil diagnósticos de HIV no país foram confirmados.


..........Na sinopse da trama, Hernandes (Carlo Porto) foi contaminado nos anos 90, período crítico da epidemia. Casado e com um filha, se separou da mulher quando começou a se sentir atraído por homens. A partir daí se envolve com um garoto de programa, Ícaro (Tunai Menandro) que mais tarde descobre ser portador do vírus e passa a ter um comportamento de revolta, fazendo questão de transar sem preservativo para retransmitir a doença para outras pessoas. Hernandes tenta controlar as atitudes do garoto e acaba virando uma espécie de consultor nas redes sociais, onde conhece Guilherme (Hugo Carvalho) e Cristiano (Gustavo Scherer) que acaba indo morar com eles. Neste ponto, os quatro passam a mostrar sua relação com o vírus e que é possível viver bem com ele.


..........O enredo ainda aborda histórias como a de Vanessa (Desirée Raian) que descobriu ser portadora logo após o nascimento do filho, Renato (Luan Schmitz) e sofre por ter contaminado a criança, hoje um adolescente. E de João (Donni Rodrigues), um hétero que procura o grupo temendo que amigos e familiares descubram seu diagnóstico. Ele esta prestes a se casar com Laila (Diana Werneck) que sonha em ter um filho e exige do namorado que possam transar sem camisinha. João teme contaminá-la e passa a viver um dilema, temendo perder seu grande amor.


..........Positivos” mistura drama e comédia e muitos entrechos inspirados na vida real, uma vez que os personagens remetem suas vidas a evolução do tratamento e as consequências que a doença pode causar. Programado para ter 10 episódios, exibidos semanalmente, a série terá uma programação especial na semana mundial de combate a AIDS.


..........O elenco é formado por 13 atores que trabalharam sem remuneração e a equipe técnica também foi voluntária, uma vez que o projeto foi desenvolvido a partir de contato do idealizador Daniel Sena (foto ao lado) que convidou os envolvidos para fazer parte produção. O equipamento foi cedido pelo estudante de cinema da PUC, Mateus Cabral que colaborou na finalização e concepção geral. A trilha sonora da série é composta por músicas de artistas independentes, que gentilmente cederam as canções.


..........Para mais informações da série, além das redes sociais, já esta no ar o site oficial www.seriepositivos.com e um clipe de lançamento com uma prévia da história.


VÍDEO DE LANÇAMENTO:
http://www.youtube.com/watch?v=8mMFtVrsWKc

CONTATOS:
Daniel Sena (Idealizador, Roteirista, Diretor Geral, Diretor de Fotografia, Produtor e Editor)
Facebook - https://www.facebook.com/danieldeoliveirasena

sábado, 12 de outubro de 2013

Editora Orgástica é criada em São Paulo e recebe textos de novos autores.



 

Autor do O Armário, livro sobre a homossexualidade que lançou de forma independente em 2006 e que já vendeu mais de 1800 exemplares, Fabrício Viana cria em São Paulo a Editora Orgástica, uma editora focada em temas ligados ao sexo e a sexualidade humana.

O nome orgástica vem de orgasmo, de prazer intenso, da liberdade sexual, de orgônio, de Wilhelm Reich e outros defensores do prazer e combatentes ferozes da neurose humana”, explica Viana sobre o nome peculiar dado à Editora. “Meu objetivo, além de continuar com publicações voltadas para o público LGBT, é o de expandir as produções literárias para todos aqueles interessados em sexualidade, desde a educação sexual de nossos filhos – e que deveria ser importantíssimo em nossa sociedade – até textos eróticos capazes de potencializar o tesão que existe em todos nós.”, complementa Viana.

Entre os projetos da Editora estão o lançamento de uma coletânea de contos eróticos para Ursos, que deverá ser lançada já nos próximos meses, e também a realização do documentário “Relações Abertas – Uma conversa sobre as possibilidades sexuais e afetivas” onde Viana, que  recebeu patrocínio de amigos e leitores por meio do site Catarse.me, faz questão de dividir os detalhes da produção na fanpage www.facebook.com/relacoesabertas .

Fiquei longe de projetos durante muitos anos. Voltei com força total. Deixei de lado dois livros que não consegui finalizar, pedi demissão no meu antigo emprego e mesmo sabendo que editora, livros ou documentários não geram fortunas no Brasil, resolvi mergulhar de cabeça nestes trabalhos que me dão muito  prazer. E estou amando!”, finaliza Viana.

O site da Editora Orgástica entra no ar oficialmente no dia 12 de Outubro de 2013 pelo endereço www.editoraorgastica.com e, além de ter a disposição vários títulos para comprar da editora e seus parceiros, é possível conhecer as possibilidades de publicação para novos autores. Mas sempre com assuntos ligados a sexo e a sexualidade humana.

 

terça-feira, 1 de outubro de 2013

Edital do PROAC LGBT termina agora em Outubro!

Termina no próximo dia 16 de outubro as inscrições para o PROAC LGBT, edital que dá apoio a projetos que promovem manifestações culturais com temática LGBT no Estado de São Paulo.

Aos interessados em se inscrever para o edital, mas que pretendem entender melhor como montar um projeto, a Secretaria de Estado da Cultura, através da Assessoria de Gêneros e Etnias realiza, neste fim de semana, dias 12 e 13 de outubro, um curso de capacitação em elaboração de projetos para agentes culturais dos movimentos Hip Hop, LGBT, Culturas Negras, Tradicionais e Indígenas.

O programa da Secretaria de Estado da Cultura, vai selecionar projetos que incluam apresentações públicas, atividades de valorização e preservação e difusão do movimento LGBT, como ações voltadas para a visibilidade, publicação de livros, espetáculos de teatro e dança, produção de audiovisual e musical.

Dezesseis dos projetos inscritos serão contemplados com premiações em dinheiro que totalizam 400 mil reais. No módulo 1, seis projetos serão contemplados com o valor de 40 mil reais cada. No módulo 2, os dez projetos restantes vão receber prêmios no valor de 20 mil reais.

As inscrições para o PROAC LGBT podem ser feitas pelo correio ou na sede da Secretaria de Estado da Cultura. Para os projetos entregues no Setor de Protocolo, piso Térreo da Rua Mauá, 51, no bairro da Luz, o horário é das 10h às ao meio-dia, e das 13h às 17h, somente em dias úteis.

SERVIÇO:

Curso de Capacitação em Elaboração de Projetos
Dias 12 e 13 de outubro, das 10h00 às 17h00
Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania – Pátio do Colégio, n° 148/184.
Sé, São Paulo.

Sede da Secretaria de Estado da Cultura
Rua Mauá, 51 – 5° andar
Luz, São Paulo.

sexta-feira, 26 de julho de 2013

Contribua para o documentário sobre Relacionamento Aberto

Fabrício Viana (foto), escritor e bacharel em psicologia, tem até o dia 20/08/2013 para arrecadar R$ 8 mil para a produção de um documentário sobre Relacionamento Aberto. Para que este valor seja atingido, Viana utiliza o sistema de doações do site Catarse.Me. “O site é baseado em financiamento coletivo, você entra no link do documentário, clica no botão APOIAR ESTE PROJETO e faz a doação online no valor que quiser.”, explica Viana.

Quem doar R$ 30,00 ou mais, terá seu nome nos créditos finais do filme. Quem doar R$ 100,00 ou mais, além dos créditos no final do filme ganhará de presente um DVD do documentário autografado. Para empresas e ONGs que desejarem ter sua logomarca no início do filme e no site do documentário, poderá fazer sua doação de R$ 2.500,00 (com limite de até 6 apoiadores).

A ideia é que as pessoas ajudem com qualquer valor. Se você só pode R$ 5, ótimo. Se só pode R$ 10, ótimo também. E não só com grana, mesmo já tendo algumas pessoas em mente, preciso de mais contatos para entrevistar, divulgar o projeto em sites e blogs. Estou correndo contra o tempo e toda a ajuda é bem vinda.”, explica Viana.

Para apoiar o projeto, basta entrar no link http://catarse.me/pt/relacionamentoaberto e clicar me apoiar este projeto. Se você não quer ter seu nome divulgado, na hora do apoio, escolha a opção manter anonimato: mesmo que você se identifique durante a transação, seu nome não será exposto. Se quiser fazer sua doação sem passar pelo Catarse.Me, basta escrever diretamente para o autor. “Eu prefiro que tudo seja feito pelo site Catarse.me, pois se o valor não for atingido, a grana é devolvida e o documentário não é realizado. E eu quero muito produzir! Precisamos mostrar pra sociedade que existem outras formas de se relacionar que não seja apenas a tradicional, aprendida, reproduzida e repassada sem questionamentos”, finaliza Viana.

O site do escritor é o http://www.fabricioviana.com e o link no site sobre o projeto é http://fabricioviana.com/relacionamentoaberto. Viana vem estudando relacionamentos abertos há anos e, inclusive, vivência um com seu atual companheiro. Junto com o documentário pretende lançar também um livro com várias teorias novas sobre amor, sexo e relacionamentos. Vale o investimento!